quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Catadores e catadoras retiraram 3 toneladas de recicláveis dos bairros de Cruz Alta

De setembro a dezembro de 2015, os catadores e catadoras do Projeto Profissão Catador II, realizaram 6 Coletaços de Materiais Recicláveis, nos Bairros de Cruz Alta (São João, Santa Teresinha 1, Ferroviária, São Miguel, São Genaro e Bonini 1). No total, foram coletados 3 mil quilos de materiais recicláveis (latinhas, garrafas pets, papel, papelão, sucatas, caixas de leite, entre outros). 

Segundo a catadora do Bairro Acelino Flores, Marlete de Moura, este trabalho demonstra que os catadores e catadoras possuem condições de realizar uma coleta seletiva nos bairros, “Na EXPOCATADORES em SP, percebi que muitos municípios estão pagando para os catadores realizarem a coleta seletiva de porta em porta nos bairros. Em outros estados eles chamam de coleta seletiva e a gente de Coletaço. Além desta diferença no nome, também tem outra coisa, em Itapira – SP, eles são remunerados pelos serviços prestados e a gente não”. Estes resíduos ao serem retirados, diminuem o volume a ser coletado pela coleta comum, não se acumulam em aterros, evitam problemas sanitários nas residências e geram renda.

O Projeto Profissão Catador II é incubado pela INATECSOCIAL da Unicruz, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.





Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz.

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Projeto avaliou os resultados obtidos em 2015

Nesta segunda-feira, dia 21 de dezembro, a coordenação e a equipe técnica do Projeto Profissão Catador II da Unicruz, realizaram uma avaliação das ações executadas no ano de 2015. Durante o encontro na central do projeto na Unicruz Centro, os técnicos do Profissão Catador II apresentaram para a coordenação, os resultados obtidos em 2015. O momento também serviu para traçar as linhas do planejamento dos trabalhos para o ano de 2016.
O Projeto Profissão Catador II é incubado pela INATECSOCIAL da Unicruz, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.


Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz.

Socialização sobre a EXPOCATADORES em Júlio, Tupã e Salto

Na manhã do dia 17 de dezembro, a catadora Marlete de Moura, o catador Nelson da Encarnação e o Jornalista do Profissão Catador da Unicruz, Diones Biagini, realizaram uma socialização com os catadores de Júlio de Castilhos, que estiveram acompanhados da assistente social do projeto, Luciane Deicke. A ação ocorreu no CRAS. No período da tarde, a mesma atividade foi realizada na Câmara de Vereadores de Tupanciretã. Na manhã do dia 22 de dezembro, o encontro ocorreu no CRAS.  

Nas ocasiões a comitiva que participou da EXPOCATADORES em São Paulo, nos dias 30 de novembro, 1 e 2 de dezembro, apresentou as fotos e vídeos do evento para os grupos de catadores da região, os quais puderam visualizar imagens do discurso do Ministro do Trabalho, das plenárias sobre a coleta seletiva no Brasil, do estande da Petrobras e da Marcha Nacional dos Catadores, organizada pelo Movimento Nacional dos Catadores (MNCR).

Durante as socializações, o catador Nelson Rodrigues da Encarnação fez uma fala de mobilização, “não importa de qual município você seja, pois a luta é a mesma e de todos os catadores e catadoras unidos”. A Presidente da Associação de Catadores do Salto do Jacuí, Renata Silveira, disse que este tipo de atividade contribuí, "estamos começando o trabalho na associação e assim aprendemos mais sobre os nossos direitos, enquanto catadores e catadoras". O Projeto Profissão Catador II é incubado pela INATECSOCIAL da Unicruz, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.




















Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz.

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Projeto realizou socialização sobre a EXPOCATADORES

Na tarde desta segunda-feira, dia 14 de dezembro, as catadoras Simone Rodrigues, Marlete de Moura, o catador Nelson da Encarnação e o Jornalista do Profissão Catador da Unicruz, Diones Biagini, realizaram uma socialização, na Associação de Catadores do Bairro Jardim Primavera 2.

A comitiva que participou da EXPOCATADORES em São Paulo, nos dias 30 de novembro, 1 e 2 de dezembro, apresentou as fotos e vídeos do evento para um grupo de 20 catadores e catadoras, que puderam visualizar imagens do discurso do Ministro do Trabalho, das plenárias sobre a coleta seletiva no Brasil, do estande da Petrobras e da Marcha Nacional dos Catadores, organizada pelo Movimento Nacional dos Catadores (MNCR).

A catadora e monitora de base, Simone Rodrigues, comentou com o grupo representado pelas 4 associações em Cruz Alta, “a união dos catadores e catadoras é fundamental para avançarmos na implementação da coleta seletiva nos bairros”. Outras socializações nos municípios de Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã estão programadas para o mês de dezembro. 

O Projeto Profissão Catador II é incubado pela INATECSOCIAL da Unicruz, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.

















Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz  

Catadores receberam os certificados do Curso de Informática da UNICRUZ/Banco de Alimentos

Um grupo de 7 catadoras e catadores do Projeto Profissão Catador II em Cruz Alta, receberam o certificado do curso básico de informática, na manhã desta segunda-feira, 14 de dezembro, na sede do Banco de Alimentos. A iniciativa que teve início no mês de abril se realizou, por meio de uma parceria entre a Universidade de Cruz Alta (Curso de Ciência da Computação) e o Banco de Alimentos.

Com o objetivo de beneficiar as entidades assistidas pelo banco, o curso durou cinco meses, que foram suficientes para que as catadoras e catadores pudessem conhecer um novo mundo, como comentou o catador do Jardim Primavera 2, Thiago Dias, “jamais teria condições de realizar um curso pago. A Unicruz e o Banco de Alimentos proporcionaram esse acesso”.

A Reitora da Universidade de Cruz Alta, Patrícia Dall’Agnol Bianchi, comentou sobre a credibilidade do Banco de Alimentos e do Profissão Catador, “a comunidade respeita e contribuí com o trabalho do Banco de Alimentos e do Projeto de Extensão da Unicruz – Profissão Catador e, isso é gratificante”.

A Presidente do Banco de Alimentos, Maria Lucia Jacques de Oliveira, agradeceu o empenho de todos, "unimos forças por um mesmo objetivo e o resultado foi positivo". O Projeto Profissão Catador II é incubado pela INATECSOCIAL da Unicruz, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.







Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Projeto da Unicruz recebeu Prêmio na Assembleia Legislativa


Na manhã desta quarta-feira, dia 9 de dezembro, o Projeto de Extensão da Universidade de Cruz Alta Profissão Catador II, recebeu o Prêmio Pioneiras da Ecologia 2015. A solenidade ocorreu no Salão Júlio de Castilhos, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.

A premiação foi proposta pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente, que tem como Presidente o Deputado Valdeci Oliveira. Durante o ato, a Reitora da Universidade de Cruz Alta, Patricia Dall´Agnol Bianchi, destacou o que este prêmio simboliza para a Universidade de Cruz Alta, “o projeto de extensão da Unicruz atua em 6 municípios do RS e a premiação demonstra a dimensão que o trabalho desenvolvido tem atingido”.

O Presidente da Associação dos Catadores do Bairro Jardim Primavera 2, Thiago Dias, fez uma fala emocionante na tribuna, “o Profissão Catador tem me proporcionado momentos únicos, onde jamais tinha pensado em estar”. A Presidente da Fundação Universidade de Cruz Alta, Enedina Teixeira, acrescentou dizendo que este prêmio demonstra o protagonismo das catadoras e catadores.

O Projeto Profissão Catador II é incubado pela INATECSOCIAL da Unicruz, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã, Ibirubá e Tapera.

Confira quem recebeu a premiação no RS:

VENCEDORES DO PRÊMIO PIONEIRAS DA ECOLOGIA EDIÇÃO 2015 1 -
CATEGORIA INDIVIDUAL 1.1 -ATIVISMO POLÍTICO Nome: Ilza Maria Tourinho Girardi Atuação: Ativismo ecológico e trabalho acadêmico, contribuindo para a formação de jornalistas conscientes, críticos e engajados em prol de um mundo sustentável. Município: Porto Alegre

1.2 PROFISSIONAL Nome: Clóvia Marozzin Mistura Atuação: Desenvolve projetos na área de pesquisa e educação socioambiental, orientando boas práticas de gestão ambiental, atuando nas áreas pública e privada e na extensão acadêmica. Município: Marau

2 – CATEGORIA INSTITUCIONAL

2.1 – ORGANIZAÇÃO SOCIOAMBIENTAL OU SOCIO- ECONOMICA Entidade: Cooperativa dos Citricultores Ecológicos do Vale do Caí Ltda - ECOCITRUS Atuação: Agricultura familiar e sustentabilidade. A produção, baseada na agricultura familiar, é voltada para agregação de valor e geração de renda para os cooperados. A filosofia da Ecocitrus é crescer de maneira sustentável e melhorar a vida da comunidade. Município: Montenegro

2.2 - GERAÇÃO E ACESSO AO CONHECIMENTO Entidade: Fundação Universidade de Cruz Alta Atuação: O projeto de extensão Profissão Catador objetiva constituir uma rede de comercialização de materiais recicláveis, fortalecendo a organização econômica e social dos catadores de materiais recicláveis do município de Cruz Alta e região. Município: Cruz Alta Estado do Rio Grande do Sul ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Comissão de Saúde e Meio Ambiente

2.3 - CADEIA PRODUTIVA Entidade: Associação dos Selecionadores de Materiais Recicláveis (ASMAR) Atuação: Preservação do meio ambiente através da coleta seletiva de lixo no município de Santa Maria; geração de trabalho e renda. Município: Santa Maria.







Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz.

Teatro e chegada do Papai Noel marcaram a Festa de Natal dos Catadores

Os associados e a equipe técnica do Projeto de Extensão da Universidade de Cruz Alta - Profissão Catador II, realizaram a edição anual da Festa de Natal dos Catadores, que ocorreu nesta quinta-feira, dia 10 de dezembro, quando foi comemorado o Dia Nacional do Catador de Materiais Recicláveis. Na Unicruz Centro, mais de 180 famílias de trabalhadores e trabalhadoras, tiveram acesso à comédia da peça teatral do Grupo Máschara, Ed Mort. Após foi servido cachorro-quente, pastel, algodão, pizza e picolé. A chegada do Papai Noel criou expectativa nos filhos dos catadores, que o aguardaram com entusiasmo e receberam presentes. A atividade de confraternização ainda teve brinquedos móveis para recreação, boa música e muita diversão. A catadora e monitora de base, Gecilda Ferreira, conta que este dia é especial para os catadores, “comemoramos de forma antecipada o natal e as conquistas dos catadores em 2015. Hoje é o nosso dia”, relata contente. A Festa de Natal contou o apoio de inúmeras empresas, instituições, entidades e doadores individuais. 

O Projeto Profissão Catador II é incubado pela INATECSOCIAL da Unicruz, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos, Tupanciretã, Ibirubá e Tapera. 
























































































































































































Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz.