quarta-feira, 27 de maio de 2015

Projeto realiza ação na Escola Municipal Castelo Branco

Foi realizada nesta terça-feira, dia 26 de maio, uma ação de divulgação do Profissão Catador II, na Escola Municipal Castelo Branco. A atividade iniciou pela manhã com a entrada relâmpago do Mascote Super Seletivo, quando foi entregue pela equipe técnica do projeto e os catadores, a cartilha Cruzaltino: Profissão Catador. No período da tarde, a ação teve continuidade, onde os alunos também puderam fazer um exercício da cartilha, que os ensinou a separarem os materiais recicláveis. 

A catadora da Associação do Bairro Acelino Flores, Cíntia da Rocha, conta que pode levar o seu conhecimento para os alunos de classe em classe, “auxiliei os poucos que tinham dúvidas e o retorno foi muito positivo”. Ao visualizar as vassouras pets, o aluno Eduardo Basso, disse que contribuiu para que o produto fosse confeccionado, “eu juntei garrafas pets em 2014, quando estudava no Álvaro Ferreira Leite”, comentou em sala de aula. 

A Diretora da Escola Castelo Branco, Rosemary Moreira, relatou que a escola realiza um trabalho bimestral, com o enfoque na questão do meio ambiente, “então encaixamos esta parceria com o Profissão Catador, que é um projeto fantástico”, comentou. Um ponto de coleta foi criado na escola para beneficiar os catadores, sendo este o 3º na rede municipal. O Projeto Profissão Catador II, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental é executado pela Unicruz, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.












     Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Projeto recebeu os aventais de jeans reaproveitáveis

Na tarde desta quarta-feira, dia 20 de maio, a coordenação do Projeto Profissão Catador II, recebeu 150 aventais de jeans reaproveitáveis no CRAS Comunidade Mãe. A entrega foi fruto de uma parceria entre o Profissão Catador II e as costureiras que receberam oficinas junto ao órgão público, vinculado a Secretaria de Desenvolvimento Social de Cruz Alta.

No encontro as Coordenadoras do Projeto Profissão catador, Rozali Araújo e Isadora Cadore, disseram que a intensão é dar continuidade a esta parceria, através da confecção de bolsas ecológicas, a partir de banners. A funcionária pública, Cirlei Scapin Terra, relata que este encontro com coquetel, marcou o recomeço de uma parceria solidária, entre a Unicruz e a Cozinha, que atualmente encontra-se junto a sede do CRAS. O Secretário de Desenvolvimento Social Homero Fagundes, disse que esse tipo de iniciativa fortalece a parceria com a Universidade de Cruz Alta. 

Os aventais que foram confeccionados, a partir de calças jeans doadas pela comunidade, serão entregues aos catadores do projeto, para que sejam utilizados durante o trabalho nas associações. O Projeto Profissão Catador II, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental é executado pela Unicruz, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.










    Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II. 

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Projeto realiza ação de educação ambiental na Escola Cooperação

Foi realizada nesta quarta-feira, dia 20 de maio, uma ação de divulgação do Profissão Catador II, na Escola Cooperação em Cruz Alta. A atividade iniciou pela manhã com uma palestra interativa ao encontro do Mascote Super Seletivo e a entrega do Cruzaltino: Profissão Catador. No período da tarde, a ação foi realizada na sala de aula, com um exercício da cartilha, que ensinou as crianças a separarem os materiais recicláveis.  

A catadora monitora de base, Marlete Moura, diz que esse tipo de atividade é fundamental, “é um momento de interação, pois os alunos ficam conhecendo o nosso trabalho e a gente conhece a realidade da escola”. A professora integrante da direção da Escola, Neiva Petersen, destacou que esse momento também serviu para que as crianças pudessem ter o retorno da Gincana do Pet de 2014, “eles conheceram as vassouras pets e puderam materializar a transformação das garrafas que doaram”, comenta.

O Projeto Profissão Catador II, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental é executado pela Unicruz, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.













   Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz

terça-feira, 19 de maio de 2015

Projeto e COMAJA realizam aproximação

Foi realizado na manhã desta terça-feira, dia 19 de maio, na Unicruz Centro, um encontro entre a Coordenação do Projeto Profissão Catador II e o Diretor do Departamento de Meio Ambiente do Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal dos Municípios do Alto Jacuí - COMAJA, Everton Lagemann, que esteve acompanhado de representantes dos executivos de Santa Bárbara, Ibirubá e Fortaleza dos Valos. 

Durante a reunião, as Coordenadoras do Projeto, Rozali Araújo e Isadora Cadore, trouxeram um breve histórico do Profissão Catador. Após destacaram a importância desta aproximação com o COMAJA e outros municípios do Alto Jacuí, “o projeto construiu desde 2006, uma parceria consolidada com 4 municípios. Buscamos sempre ampliar esses diálogos”, comentaram as coordenadoras. No final desta manhã, a comitiva da região conheceu a estrutura das Associações no Bairro Acelino Flores e Jardim Primavera 2. 

O Diretor do Departamento de Meio Ambiente do COMAJA, Everton Lagemann, conta que esta aproximação com o projeto tem por objetivo idealizar uma parceria com os municípios do consórcio, “isso se deve a questão do gerenciamento dos resíduos sólidos ser de responsabilidade dos municípios. A lei prevê o envolvimento dos catadores e como os municípios não dispõem de uma grande estrutura para isso, viemos procurar este modelo regional que é o Profissão Catador”, destacou.

O Projeto Profissão Catador II, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental é executado pela Unicruz, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.








Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Projeto fechou parceria com a Secretaria de Educação do Salto do Jacuí

Com o objetivo de alinhavar uma parceria com a Secretaria Municipal de Educação do Salto do Jacuí, foi realizada na tarde desta quinta-feira, dia 7 de maio, uma reunião na Câmara de Vereadores. No encontro ficou definido que em um primeiro momento, a equipe do projeto e os catadores farão uma apresentação do Profissão Catador II, nas duas maiores escolas da rede municipal, onde estarão acompanhados do mascote Super Seletivo. 

Estiveram na reunião, a assistente social do projeto, Tamara rocha e a monitora, Tamara Perine, mais 12 catadores (a), a Secretária de Educação, Marisa Cunha, a Secretária de Desenvolvimento Social, Aline Brescansin e o Diretor do Departamento de Meio Ambiente, Sandro Mello. A primeira ação ocorrerá durante todo o dia 21 de maio, na Escola Municipal Darci Teodoro Sampaio. A catadora monitora de base do Salto do Jacuí, Dinorá Aparecida de Oliveira, conta que esta na expectativa para organizar os pontos de coleta nas escolas, "deixaremos as sacolas grandes e depois iremos coletar esse material que vai gerar renda para nossas famílias". A assistente social, Tamara Rocha, diz que o apoio do município será fundamental para a execução da parceria, "caso tenhamos uma grande demanda de recicláveis, solicitaremos o apoio do transporte da Prefeitura Municipal".    

O Projeto Profissão Catador II, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental é executado pela Unicruz, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã. 



   Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II