quinta-feira, 31 de julho de 2014

Catadores do Salto do Jacuí conhecem a estrutura do projeto em Cruz Alta

Nesta quarta-feira, dia 30 de julho, a equipe do Projeto Profissão Catador, patrocinado pela Petrobras e executado pela Universidade de Cruz Alta, em parceria com o executivo municipal, recebeu em Cruz Alta, os trabalhadores da Associação de Catadores do Salto do Jacuí, os quais realizaram visita na Central do Projeto, na Unicruz Centro, na Associação do Bairro dos Funcionários, Jardim Primavera 2 e Acelino Flores.

Segundo o integrante da Associação do Salto do Jacuí, Régis Rogério Medina Nascimento, foi bom ter percebido o quanto é organizado o trabalho dos catadores em Cruz Alta, “Eles tem um bom rendimento. Temos esperança que seja criada uma sede para nossa associação, assim como existe em Cruz Alta, pois queremos ter uma estrutura para melhorar nossa renda familiar e para que isso aconteça estamos com a ideia de buscar parcerias com empresas locais e até de Jacuízinho e Estrela Velha”, aguarda.

A Catadora do Bairro Acelino Flores, Daniela dos Santos, relatou ser importante essa interação com catadores da região, “Eles conhecem a nossa estrutura e isso serve como incentivo para que eles consigam abrir um galpão que nem o nosso”, afirma.

A Assistente Social do Projeto Profissão Catador, Tamara Rocha, diz que essa visita oportuniza uma troca de experiência, pois os catadores vivem e trabalham em realidades diferentes, “As associações em Cruz Alta estão formalizadas e organizadas e no Salto do Jacuí este processo esta ocorrendo, através do trabalho que estamos realizando em prol da capacitação e legalização das atividades dos catadores”, relata.







      Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Assessor Técnico de Brasília visita as associações de catadores em Cruz Alta

Na tarde desta terça-feira, dia 29 de julho, a equipe do Projeto Profissão Catador da Unicruz, em parceria com o executivo municipal, recebeu em Cruz Alta, o Assessor Técnico em Logística e Coleta Seletiva da Fundação Uni Trabalho, Tainá Ferreira, que atualmente desenvolve o seu trabalho em Brasília. A visita teve por objetivo trocar experiências e dar um assessoramento aos catadores e equipe do projeto em Cruz Alta.

O Assessor do projeto Articulação, conveniado a Secretaria Nacional de Economia Solidária, relata que a Universidade de Cruz Alta tem papel fundamental para o funcionamento das associações, “Por outro lado percebi que a equipe do projeto tem a visão de que os catadores devem estar sempre em busca da autonomia”. 

Segundo ele as visitas de assessoramento técnico são importantes, pois os catadores relatam suas experiências, se articulam e fortalecem o movimento e consequentemente a busca por mais trabalho e renda, “Foi muito bom perceber uma grande estrutura fora das grandes cidades”, comenta.

O Catador do Bairro Jardim Primavera 2, Tiago Dias, conta que aproveitou o momento para mostrar a estrutura do trabalho e também o funcionamento do processo de confecção das vassouras pets, “É uma oportunidade de mostrarmos todos os projetos que estão sendo desenvolvidos aqui no bairro, para ele ter conhecimento e contar para outros grupos de catadores pelo Brasil a fora”, diz.  

















      Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Projeto recebe doação de PETS dos funcionários da Unicruz

O Projeto Profissão Catador foi contemplado com a doação de 7500 litros, nesta quarta-feira, dia 23 de julho, na Unicruz Campus. A matéria prima recebida pelos catadores é oriunda da Gincana da SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho) e servirá para a confecção de vassouras pets. Antes da ação de recolhimento dos pets, a representante da Pró Reitoria de Administração, Rosane Giacomini, salientou aos funcionários no Salão Nobre da instituição, o quanto é importante que os mesmos façam a separação correta dos materiais recicláveis no Campus. A seguir a equipe do projeto apresentou suas ações, através de vídeos e do blog. Após o Super Seletivo e os catadores fizeram a entregue de duas lixeiras com pedal para a equipe vencedora (Atitude), que trouxe 2470 litros, vencendo essa etapa da competição.

O Catador do Bairro Jardim Primavera 2, Tiago Dias, disse que ficou feliz com a oportunidade que teve para expor o seu trabalho na Universidade, “Também fiquei contente com essa grande doação de pets, que serão úteis para a confecção de vassouras”, diz.

A integrante da CIPA, Técnica de Enfermagem da Medicina e Segurança do Trabalho da Unicruz, Eliane Dornelles, disse que a Gincana da SIPAT 2014, mobilizou os funcionários das equipes, para que houvesse a integração com o Projeto Profissão Catador, “o qual foi de extrema importância para colaborar com o desenvolvimento do projeto”. Comentou. Na última quinta-feira, dia 24 de julho, o Projeto Profissão Catador, ajudou a divulgar para os funcionários, no Salão Nobre do Campus, o lançamento da Campanha Sou ligado na Unicruz, economizo luz.













      Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador

terça-feira, 15 de julho de 2014

Artesão da Bahia ensina os catadores a confeccionarem vassouras pets

No início desta semana o Projeto Profissão Catador recebeu na Associação de Catadores do Bairro Jardim Primavera 2, a visita do artesão de Salvador, João Telmo de Aguiar. Com o objetivo de deixar seu conhecimento técnico na produção de vassouras pets, o profissional que trabalha a 16 anos na área, ensinou aos catadores os processos funcionais das maquinas criadas pela sua empresa, a Arts Pets. 

O Artesão comenta que a produção de vassouras sustentáveis é a grande sacada do momento, “É uma matéria prima fácil de encontrar, gera mais renda que o artesanato, além de ser um produto muito útil, nas residências, nas escolas em todos os lugares”, diz. Ele ainda conta que para confeccionar uma vassoura ecológica é preciso 7 garrafas pets, “Também temos conhecimento de que a cada minuto no Brasil são fabricadas mil garrafas”, reflete.

O Catador do Bairro Jardim Primavera 2, Tiago Dias do Nascimento, relata que passou por todos os processos de aprendizado para produzir as primeiras vassouras ecológicas, “Ao entender a dinâmica vamos adquirindo a tranquilidade para a confecção das vassouras. O seu João veio lá da Bahia para passar conhecimento para gente. Sei que temos que ter calma para fazer e isso eu tenho de sobra”, lembra. O artesão ainda ensinou os catadores a fazerem luminárias de pets e carrinhos de brinquedo, com o fundo do pet que não é utilizado para confecção das vassouras.

A produção de vassouras ecológicas será realizada pela Associação de Catadores do Bairro Jardim Primavera 2, através do Projeto Profissão Catador, patrocinado pela Petrobras e executado pela Unicruz, em parceria com a Associação dos Amigos do Meio Ambiente e SulGás.

Entenda como funciona o processo passo a passo para a confecção das vassouras pets:

                                O Litro começa a ser filetado na filetadeira
                               O volume de fio de pet começa a aumentar
                                O fio do rolo passa a ser colocado em um molde de ferro
                                O molde começa a ser preenchido
                                O molde quase pronto
                                O molde fica preenchido
                                Molde vai  para o forno
                                Após 40 minutos de aquecimento
                           
                                O molde é colocado na água para levar um choque térmico
                                Retira-se os fios do molde
                                Fios fora do molde
                                Corta-se as pontas dos fios de pet
                                Faz o acabamento
                                Os fios caem no pet cortado
                                A cepa reciclável para vassoura doméstica com 18 furos
                                Os grampos
                                Grampiando os fios da vassoura na cepa
                                O ajuste final na cepa
                                A vassoura começa a "tomar" forma
                                Procedimento final                              
                                A vassoura pronta na mão da catadora
                                Vassoura Pet (Limpando e reciclando).
                                             Catadora Eliane Silveira
                              Fátima da Silva, Artesão João de Aguiar, Tiago Dias, Eliane Silveira
                     A matéria prima coletada nas escolas começa a ser transformada

       Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador