segunda-feira, 28 de abril de 2014

Vassouras sustentáveis de PET serão confeccionadas

A equipe do Projeto Profissão Catador, patrocinado pela Petrobras e executado pela Unicruz em parceria com o Executivo Municipal, esteve reunida na última quinta-feira, dia 24 de abril, com colaboradores da Unicruz, na sala dos professores do Centro de Ciências Humanas e Sociais, no Campus da Universidade de Cruz Alta. O encontro teve como objetivo verificar o andamento do projeto PRIMAR/AMA/RS.

Foram incluídos na pauta, a produção das cerdas, a elaboração de uma campanha publicitária para divulgação do produto e captação de pets, além de visitas na Prefeituras dos Municípios do COREDE Alto Jacuí, para divulgar a proposta e acertar a venda futura das vassouras sustentáveis.

Na conclusão da reunião a equipe do projeto constatou um andamento satisfatório, principalmente devido ao fato da existência do espaço físico para instalação dos equipamentos, com grupos organizados nas associações de catadores para confecção das vassouras sustentáveis de PET. Segundo a Coordenadora do Projeto Profissão Catador, Isadora Virgolin, em um primeiro momento as vassouras serão confeccionadas na Associação de Catadores do Bairro Jardim Primavera 2.

Coordenadoras Rozali Araújo, Isadora Virgolin, Bolsista Renan Uliana, Funcionária da Unicruz Keila Ropke e Professor de Arquitetura Claúdio Mello.


Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Interação com o público marcou a coleta na Festa dos Anos 80

Os catadores do Projeto Profissão Catador, patrocinado pela Petrobras e executado pela Unicruz, em parceria com o executivo municipal, realizaram no último sábado, dia 19 de abril, uma coleta de materiais recicláveis na Festa dos Anos 80, no Clube Arranca. Foram recolhidos do local, 14 kg de latinhas, 12 de papelão e 8 de plásticos, totalizando 34 quilos de resíduos sólidos. A Catadora do Bairro Acelino Flores, Marlete de Moura Soares, conta que foi muito bom ter participado desta ação no Clube Arranca, “fomos muito bem tratados por todos, trabalhamos e interagimos com alegria e ainda conhecemos pessoas novas”.

A Proprietária do Salão de Beleza, Alcides Cabelereiros, Ana Luiza Azambuja, disse que o Projeto Profissão Catador esta de parabéns, “ao mesmo tempo em que conseguem gerar mais trabalho e renda aos catadores, oportunizam espaços diferenciados para a catação de materiais recicláveis, deixando de imediato os ambientes das festas mais limpos e agradáveis”.  

Segundo o Assessor de Comunicação do Projeto Profissão Catador, Diones Biagini, muitas vezes não são as grandes demandas de recicláveis que atingem os principais objetivos de ações como estas, “são sim os pequenos atos que geram toneladas de diferença e durante o evento foi possível ver muitas pessoas sensibilizadas com a questão de dar um destino correto para os materiais recicláveis”. 









      
        Fonte Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador

terça-feira, 22 de abril de 2014

Médica boliviana visita Associação no Acelino Flores

Na tarde da última quinta-feira, 17 de abril, a equipe do Projeto Profissão Catador patrocinado pela Petrobras, Secretaria Nacional de Economia Solidária e executado pela Universidade de Cruz Alta em parceria com o executivo municipal receberam na Associação dos Catadores do Bairro Acelino Flores, a Médica Boliviana, Vivian Camacho Hinojosa, que esteve acompanhada das Professoras da Unicruz, Rosane Felix e Janete Schubert. 

Durante a visita, a especialista em Interculturalidade e Coordenadora Regional Andina em Movimento Mundial pela Saúde dos Povos, salientou a importância que o trabalho dos catadores tem na questão da saúde, “Vocês são guerreiras transformadoras, pois cuidam muito bem do meio ambiente e isso é básico para saúde dos povos. É muito necessário o que vocês estão fazendo”, ressaltou a médica aos catadores.

A Presidente da Associação de Catadores do Bairro Acelino Flores, Vera Lucia Alves, relata que foi ótimo receber uma visita estrangeira, “É bom saber que existem pessoas de outros países que sabem do projeto dos catadores, isso valoriza o nosso trabalho”, diz. A Assistente Social do Projeto Profissão Catador, Luciane Deicke, conta que esta atividade passou novas experiências aos catadores, “É positivo receber experiências de outros países, que acabam se relacionando com o mesmo propósito social”, comenta.

A Professora da Unicruz e integrante do Movimento Mundial pela Saúde dos Povos, Janete Schubert, disse que o processo político é fundamental para o reconhecimento da Profissão de Catador, “Hoje temos o Movimento Nacional dos Catadores que luta pela valorização do trabalho dos catadores e isso é muito importante”, disse.











      Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

III Coletaço recolheu 1460 quilos de recicláveis

A comunidade da grande ferroviária teve a oportunidade de contribuir com o meio ambiente, gerando trabalho e renda aos catadores da Associação do Bairro Acelino Flores, na tarde desta quarta-feira, dia 16 de abril, quando o caminhão verde do Projeto Profissão Catador, patrocinado pela Petrobras, Secretaria Nacional de Economia Solidária e executado pela Universidade de Cruz Alta, em parceria com o executivo municipal, passou em frente às residências na rua Doutor Noronha, onde recolheu 1460 quilos de materiais recicláveis, divididos entre sucata, pets, papelão, papel e plásticos. 

A Catadora do Bairro Acelino Flores, Leonilda Lima, disse que a recepção do Coletaço foi muito boa, “Teve um momento no qual conversamos com uma recente moradora de Cruz Alta, que colaborou e admirou o nosso trabalho”. Contou.

A moradora do Bairro ferroviário, Patrícia Scremin, relata que adquiriu o hábito de separar os resíduos sólidos, na última cidade que residiu, “Em Curitiba a coleta seletiva passa nos bairros e as pessoas estão acostumadas com o processo. Agora em Cruz Alta fiquei contente em perceber que existe uma iniciativa como a do Coletaço do Projeto Profissão Catador", sorriu.

A Assistente Social, Tamara Rocha, relatou o quanto é importante ter essa interação social com a comunidade dos bairros, “esse é um momento único, pois a população conhece na prática como funciona o trabalho dos catadores, além de termos uma oportunidade de saber quais são os anseios da população em relação a questão dos resíduos sólidos”, diz.

O Assessor de Comunicação, Diones Biagini, complementa dizendo que esta ação também é primordial para divulgar o papel do Projeto Profissão Catador, “chegamos mais próximos da população, onde levamos informações pertinentes ao projeto e isso é bem gratificante”, conta. 



















       Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador

terça-feira, 15 de abril de 2014

III Coletaço será nesta quarta-feira na grande ferroviária

A comunidade da grande ferroviária terá a oportunidade de contribuir com o meio ambiente, gerando trabalho e renda aos catadores da Associação do Bairro Acelino Flores, nesta quarta-feira, dia 16 de abril, das 13 horas e 30 minutos às 17 horas, quando o caminhão verde do Projeto Profissão Catador, patrocinado pela Petrobras, Secretaria Nacional de Economia Solidária e executado pela Universidade de Cruz Alta, em parceria com o executivo municipal, estará passando em frente às residências na rua Doutor Noronha, para recolher materiais recicláveis como plásticos, papel, papelão, caixas de leite, latinhas, garrafas pet, envelopes, caixas de leite, entre outros. 

Segundo a catadora do Bairro Acelino Flores, Graciele Perucio, a rua na ferroviária, foi escolhida por ter uma grande extensão e tradição na questão da separação dos materiais recicláveis.



     Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Participação foi ativa na I Conferência Regional de Economia Solidária

A equipe do Projeto Profissão Catador, patrocinado pela Petrobras, Secretaria Nacional de Economia Solidária e executado pela Universidade de Cruz Alta, em parceria com o Executivo Municipal, participou na última sexta-feira, dia 11 de abril, da I Conferência Regional de Economia Solidária, que teve como um de seus objetivos, elaborar diretrizes, eixos estratégicos e ações prioritárias para a construção dos planos regionais, estadual e nacional da Economia Solidária. O evento ocorreu no Salão da Unijuí, em Ijuí e teve a participação de 17 cruzaltenses, que representaram a Universidade de Cruz Alta e a Cáritas e que também poderão participar da Conferência Estadual, que ocorrerá nos dias 23 e 24 de maio em Porto Alegre.

Na ocasião também foram escolhidos para serem delegados na Conferência Nacional em Brasília, ainda sem data definida, a Professora Ana Paula Ferreira da Unicruz e a representante da Cáritas, Marília Soares, além do Catador do Projeto Profissão Catador, César Patrick Reis, o qual falou de sua expectativa, “quero defender a luta dos catadores no Distrito Federal, através das propostas elaboradas que buscam aumentar a produtividade das associações de catadores e da Economia Solidária como um todo”, disse o catador do Bairro dos Funcionários.

O Assessor Representante da Secretaria Estadual de Economia Solidária e Apoio à Micro e Pequena Empresa, Alonso Coelho, salientou a importância desta região para a Economia Solidária, “esse território tem história e esta conseguindo restabelecer o espaço de construção de uma política de fomento dos produtos da Economia Solidária”, diz.

O Catador da ACATA de Ijuí, Neldo Taborda de Melo, disse que essa oportunidade é muito boa, “ela agrega, pois levamos e trazemos informações dos galpões de catadores para o governo”, comenta.

Segundo o Administrador do Projeto Profissão Catador, Leonardo Gabriel Borges, este momento foi importante para expormos as dificuldades e potencialidades da Economia Solidária, “sempre em busca de mais apoio dos poderes públicos”, diz.

Conforme a Professora e Ex Reitora da Unijuí, Eronita Silva Barcellos, essa conferência é uma conquista do movimento da Economia Solidária “este espaço democrático é muito bem vindo, pois aqui temos uma oportunidade relevante de conversarmos diretamente com os gestores estaduais e nacionais”, expressa.  Além de Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa e Coronel Bicaco estiveram representados no evento.









































      Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador