quinta-feira, 31 de maio de 2012

Joias de PET


A artista Gulnur Özdaglar transforma garrafas PET em joias. Derretendo e esculpindo as garrafas, a designer turca desenvolve formas que lembram águas-vivas ou até mesmo pétalas translúcidas. Inspirada nas formas da natureza, a artista cria delicadas peças utilizando a técnica de upcycling

Desde 2008 Gulnur vem produzindo acessórios de decoração e joias por meio da reciclagem de garrafas PET. Ela recolhe, aquece, corta, derrete, fura e remodela o PET até que o material ganhe leveza e não lembre em nada as garrafas originais.


Ela encontrou sua solução pessoal no "upcycling" em vez de reciclagem, agregando valor ao material com seu trabalho artístico, que se perderia durante uma simples transformação industrial.

Com seu trabalho que imprime beleza à objetos que normalmente são desprezados, joga uma luz diferente à reciclagem, incentivando-a.

Ela acredita que o material plástico não deve ter um berço e um túmulo, mas que irá retornar infinitamente ao ciclo produtivo sem perda, dando sempre origem a um novo material plástico. Em outras palavras, ela acredita que haverá um mundo melhor.


FONTE: Setor Reciclagem

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Kit de limpeza caseiro sem produtos químicos ou tóxicos


Há muitos ingredientes disponíveis em casa que têm sido utilizados para a limpeza durante anos e são tão bons quanto qualquer produto de limpeza disponível no mercado. E além do mais, este "remédio caseiro" de limpeza dá brilho e cabe no orçamento.

Itens domésticos de uso diário podem ser substitutos ambientalmente corretos para produtos químicos de limpeza.

Segue a lista dos benefícios do uso do vinagre, suco de limão, bicarbonato de sódio e óleo de melaleuca para uma limpeza simples e não tóxica.

Vinagre: Produto de limpeza, desinfetante e desodorante natural

- Use vinagre puro no vaso sanitário para se livrar das manchas.

- Esfregue o chão do banheiro com uma solução de vinagre e água para dar um brilho extra.

- Vinagre também corrói resíduos de sabão e manchas de água em seus dispositivos elétricos e telhas.

- O produto também faz maravilhas para o cheiro de suor de roupas, especialmente as roupas usadas em atividades físicas. Basta mergulhar a roupa em uma solução detergente e adicionar uma pitada de vinagre.

- Faça uma solução com uma parte de vinagre e duas partes de água e use para limpar o fogão, eletrodomésticos e bancadas na cozinha.

- Deixe o vinagre durante a noite em sua tábua de cortar e pela manhã ela estará livre de mancha e odor.

- Também pode ser usado como um amaciante natural, basta adicionar ½ xícara de vinagre no ciclo de enxágue da máquina de lavar.

- Para limpar janelas, acrescente 3 colheres de sopa de vinagre para 2 xícaras de água.
 

Suco de limão: Para uma fragrância revigorante e uma casa limpa

- Limão e sal fazem maravilhas para trazer de volta o brilho dos seus utensílios de cobre, latão e luminárias.

 - Manchas nas bancadas podem ser removidas, deixando o suco de limão sobre a mancha por alguns minutos. Esfregue a área com bicarbonato de sódio e observe as marcas desaparecem.

- Adicione suco de limão em um pouco de água e deixe na geladeira para um cheiro “fresco”. Água quente com um pouco de limão pelo ralo também vai “refrescá-lo”.

 - O limão também é um agente natural de branqueamento. Coloque suco de limão em lençóis brancos e roupas e deixe-as secar ao sol.

- Esfregue limão sobre as manchas em sua tábua de cortar e deixe descansar. Ele também vai branquear, desinfetar e remover qualquer cheiro estranho.

- O sumo também pode remover manchas de ferrugem de roupas. Coloque o suco de limão sobre a mancha de ferrugem e, em seguida, polvilhe creme de tártaro em cima do suco. Deixe-o sentar-se sobre a mancha até que a ferrugem tenha desaparecido.


Bicarbonato de sódio: Purificador e desinfetante natural

- Bicarbonato de sódio pode ajudar a eliminar odores fortes das roupas, mesmo quando eles persistem após repetidas lavagens, como fumaça e cheiro de suor.

 - Esfregar bicarbonato de sódio seco diretamente na roupa remove o cheiro de vômito ou o gorfo do bebê.

- Desodorize a geladeira ou freezer, colocando em um recipiente aberto de bicarbonato de sódio para absorver odores.

- Lave móveis com tampo de mármore com uma solução de 3 colheres de sopa de bicarbonato de sódio em 2 xícaras de água morna. Deixe repousar por algum tempo e depois enxágue.

- Misture 1/4 de xícara de bicarbonato de sódio com 1 xícara de água morna e lave a parte externa de aparelhos brancos. Ele vai ajudar a remover amarelamento e restaurar a brancura.

- Faça uma solução de 1/4 de xícara de bicarbonato de sódio, 1/2 xícara de vinagre e 1 litro de água quente. Esta mistura vai limpar gordura e sujeira, bem como desinfetar. Funciona muito bem nos exaustores de cozinha.

- Deixe uma solução de água e bicarbonato de sódio em garrafas térmicas e recipientes de resfriamento durante a noite para se livrar do cheiro rançoso.

- Para polir objetos, coloque bicarbonato de sódio seco em um pano úmido. Esfregue, enxágue e deixe secar.

- Para remover queimados de comida de uma panela, deixe-a de molho em bicarbonato de sódio e água por dez minutos antes de lavar, ou friccione com soda seca e um esfregão úmido.

- Remova cheiro ruim de cinzeiros com bicarbonato de sódio e água.

- Polvilhe bicarbonato de sódio em sua lixeira para neutralizar qualquer cheiro.


Óleo de Melaleuca (Tea Tree): Solução antiviral, antibacteriana e antifúngica natural

- Para se livrar do mofo, adicione 2 colheres de chá de óleo de melaleuca e 2 copos de água em um frasco spray e pulverize-o no local.

- 1 colher de sopa do óleo pode ser adicionada a 3 xícaras de água para fazer uma solução de limpeza multiuso. A mistura pode ser pulverizada em assentos sanitários, bancadas e lavatórios para limpar e desinfetar.

- Coloque 10 gotas do óleo com 5 gotas de eucalipto em água fervente. Inale o vapor para obter alívio, se você estiver resfriado.

- Uma compressa feita com 10 gotas de óleo em um pouco de água fria alivia contusões.

- Trate bolhas com óleo fazendo uma limpeza na área afetada.

- Se seu problema for caspa, adicione algumas gotas do óleo no shampoo todos os dias para se livrar dela.

http://www.ciclovivo.com.br

terça-feira, 22 de maio de 2012

5 dicas para dirigir com mais sustentabilidade

Alguns hábitos e cuidados com o carro podem deixa-lo menos poluente mais econômico e sustentável. Confira cinco dicas para usar no trânsito:


1. Utilize a macha adequada: utilize e marcha adequada para cada faixa de velocidade. Essa informação varia para cada carro, mas pode ser encontrada no manual do proprietário.


2. Acelere com cuidado: acelerar com força a cada saída de semáforo gasta combustível e é desnecessário no trânsito cotidiano. Acelerar com calma acaba sendo mais vantajoso.


3. Faça a manutenção correta: o carro deve ser levado para revisão regularmente e para oficina sempre que for percebida alguma alteração no funcionamento do veículo. Algumas peças, quando desgastadas ou sujas, podem apresentar um problemas de funcionamento e prejudicar o desempenho do carro (peças como elemento do filtro do ar, filtro de combustível, bicos injetores e velas de ignição). É importante também ficar atento a vazamentos de líquidos.


4. Mantenha os pneus calibrados: pneus na calibragem correta melhoram o desempenho do carro e economizam combustível.


5. Quando for trocar de carro: opte por aqueles mais econômicos com o combustível ou que ofereçam outras características mais sustentáveis.

Ainda assim, automóveis individuais não são veículos sustentáveis. Quando possível, utilize o transporte público ou bicicleta. Quando andar de carro, vá com amigos e familiares, ou ainda ofereça carona para colegas de trabalho. Quanto mais pessoas utilizarem o mesmo veículo, menos será seu impacto no meio ambiente.



http://atitudesustentavel.uol.com.br/blog/2012/01/18/5-dicas-para-dirigir-com-mais-sustentabilidade/

quinta-feira, 17 de maio de 2012

OFICINAS PREPARATÓRIAS, COORDENADAS PELO NUCART/UNICRUZ (Vagas Limitadas)


OFICINA DE TINGIMENTO EM TECIDOS


Sobre a Ministrante

Formada em Desenho e Plástica pela UFSM, Maria Aparecida Santana Camargo é professora doutora na Universidade de Cruz Alta/RS.

Contato
(55) 99834109


Sobre a Oficina (dia 18 de maio, das 14 às 17 h no Auditório do Curso de Direito)

A criação artística em tecidos, tais como o tingimento de camisetas, echarpes, almofadas, cortinas e mantas para sofás, dentre outros, também está diretamente ligada à Água, temática central do II Fórum de Sustentabilidade do COREDE Alto Jacuí. Durante a Oficina, realizada no período da tarde, serão demonstradas as amplas possibilidades de renovação de peças e realizados alguns procedimentos e técnicas de tingimento, muito utilizados no vestuário e na decoração de interiores. O material produzido será exposto durante o evento, de 29 de maio a 01 de junho, no Ginásio II, Campus Universitário.
      
Material pessoal: 
- 2  peças para tingir, de preferência usadas/lavadas
- Toalha/panos para limpeza

OFICINA DE AQUARELA

Sobre o Ministrante

Marcelo Eugenio Soares (Cruz Alta, 1985). Vive e trabalha em Porto Alegre. Artista Visual formado pela Universidade Federal de Santa Maria, atualmente cursa Especialização em Pedagogia da Arte pela UFRGS. É membro da Ação Educativa do Santander Cultural-Porto Alegre desde 2010. Realizou intercâmbio na Escola Nacional de Belas Artes de Montevidéu, Uruguai. Atua principalmente nas áreas de desenho e gravura. Recebeu o Prêmio Aquisição (região de Passo Fundo), no 20º Salão Jovem Artista e vem participando de exposições coletivas no Brasil, Uruguai e Argentina.

Contato
(51) 85836536/3026 3658


Sobre a Oficina (dia 25 de maio, manhã e tarde no Auditório do Curso de Direito)

Em sintonia com a temática do II Fórum de Sustentabilidade do COREDE Alto Jacuí, a Água, será realizada no dia 25 de maio, das 9 às 11:30 h e das 13:30 às 16:30 h, uma Oficina de Aquarela. A aquarela vem ao encontro da temática do fórum, pois se trata de uma das técnicas artísticas que mais requer o uso da água. Na oficina, serão explorados os principais aspectos da aquarela, tais como a preparação dos pigmentos, o uso da tinta combinado com materiais diversos, dentre outros exercícios poéticos que serão propostos. Serão utilizados tanto materiais industrializados, quanto materiais preparados pelos próprios participantes, evidenciando as possibilidades de criação de todos os participantes. O material produzido será exposto durante o evento, de 29 de maio a 01 de junho, no Ginásio II, Campus Universitário.

Material pessoal: 
- Pincéis de todos os tipos e tamanhos
- Toalha/panos para limpeza

Calcule o impacto de sua reciclagem por meio de nova calculadora




O Brasil recicla apenas 13% do que é jogado fora, segundo dados de 2010 do Compromisso Empresarial para Reciclagem (Cempre). E você? Sabe o quanto recicla? Caso saiba, você pode calcular o impacto de sua reciclagem por meio da calculadora de Reciclagem de Impacto Ambiental, uma nova criação da AbitibiBowater,fabricante canadense de produtos de papel e reciclagem.
Qualquer pessoa pode usar a calculadora, basta entrar no website da EcoRewards, digitar a quantidade de reciclagem que já foi feita na sua casa ou no trabalho e o período de tempo. A ferramenta vai fornecer uma estimativa do quanto você reduziu em emissão de carbono e em espaço de aterro, assim como a quantidade de energia e água poupada por meio da reciclagem.
A calculadora utiliza comparações a partir de exemplos concretos, como veículos retirados da estrada ou o número de piscinas olímpicas preenchidas com resíduos que foram reciclados, e não foram despejados em lixões. Você pode utilizar as porcentagens calculadas em calculadores padrões da quantidade de papel e papelão, vidro, plástico, aço e alumínio, para acrescentar na ferramenta e então obter dados mais completos.
O site EcoRewards também apresenta outras ferramentas, que inclui uma calculadora de reciclagem no escritório, na qual você pode digitar o número de trabalhadores ou a construção de metragem quadrada para estimar quantos recicláveis a empresa irá gerar mensalmente. Proprietários do hotel podem usar a “calculadora de reciclagem hotel” para descobrir o seu potencial de reciclagem. É só colocar o número de quartos, a taxa de ocupação média e o número de jornais entregues nos aposentos.


FONTE:ecodesenvolvimento.org.br/posts/2011/dezembro/empresa-canadense-cria-201ccalculadora-de#ixzz1v7zUfOhy

quarta-feira, 16 de maio de 2012

II Fórum de Sustentabilidade do COREDE Alto Jacuí: Oficinas de pintura

Dentro da programação do II Fórum de Sustentabilidade do COREDE Alto Jacuí acontecerá no dia 18 maio a tarde a oficina de pintura em tecido com a profª Maria Aparecida Camargo e no dia 25 mai durante o dia todo acontecerá a oficina de pintura em aquarela com o artista plástico cruz-altense Marcelo Eugênio. As oficinas ocorrerão no mini auditório do CCSA. A organização é em parceria com o NUCART. São oferecidas 25 vagas em cada oficina. A inscrição é gratuita e poderão ser realizadas com a profª Cida pelo telefone 9983-4109.
Neste ano o tema do fórum é a agua e estas oficinas serão a base de tinta com água. Toda a produção das oficinas será exposta no fórum.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Processo de fabricação da malha PET

O uso do PET na reciclagem é diverso. Pode-se fazer muita coisa com essa matéria-prima, mas um dos destinos mais comuns é se transformar em fibra de poliéster.
PET é o melhor e mais resistente plástico para fabricação de garrafas e embalagens.
Devido às suas características o PET mostrou ser o recipiente ideal para a indústria de bebidas em todo o mundo (as famosas garrafas de refrigerantes).
Porém, com o aumento do consumo, surgiu um grande desafio a ser resolvido: O que fazer com as embalagens já utilizadas e descartadas, que poluem de forma indiscriminada o nosso planeta?
Desde que o conceito de reciclagem surgiu, décadas atrás, a preservação do meio ambiente tornou-se o seu principal objetivo.
Nesse sentido, a coleta e a reciclagem da embalagem PET tem sido incentivada cada vez mais, permitindo o uso da matéria original para a fabricação de diversos produtos. Um dos mais interessantes é produção de fibras de poliéster.
Essas fibras estão sendo largamente utilizadas na indústria têxtil e nas confecções.
Acompanhe um pequeno passo a passo para entender como uma embalagem de garrafa se transforma em tecido:

As garrafas Pet são recolhidas por catadores, e enviadas em fardos para a reciclagem.
Depois de passar por um processo de seleção, lavagem, moagem e secagem, o Pet resulta num produto chamado Flake
O Flake é fundido à 300ºC, e filtrado para eliminar resíduos sólidos, pedras e metais.
Depois de resfriado com água, o Pet é granulado (chips verdes de garrafas verdes).
Chips naturais de garrafa transparente.
Depois de misturados, os chips passam por um processo de extrusão à 300ºC, transformando-se em pasta. São enviados para uma bomba, passando por microfuros, onde são lubrificados e reunidos em tambores.
Microfuros onde são determinados os títulos (espessura da fibra).
Saindo dos tambores são reunidos e passam por um processo de estiragem.
Processo de estiragem e termofixação.
Depois da termofixação, as fibras saem molhadas, passando em seguida por um secador.
Depois de secas, as fibras passam pelo processo de carda.
As fibras são embaladas em fardos, prontas para suas diversas transformações: fios, enchimentos de travesseiros, tapetes, carpetes para linha automotiva e residencial, etc.

Fonte de referência: Companhia das Fibras - www.ciadasfibras.com.br

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Profissão Catador é tema de palestra em Sipat da CEE

No dia 04 de maio, o publicitário Vinicius Campos esteve ministrando uma palestra para um Grupo de funcionário da CEEE, Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica, na Semana Interna de Prevenção de Acidentes, a Sipat Integrada 2012. O tema principal do encontro foi a relação do projeto com as empresas e a comunidade, sendo que a participação dos funcionários foi intensa durante a apresentação o que deixou demonstrou a importância e o interesse que foi gerado após o conhecimento das ações realizadas pelo projeto.
Na mesma oportunidade já foi estabelecida informalmente a parceria do Projeto Profissão Catador com a empresa.



sexta-feira, 11 de maio de 2012

Encontro marca apresentação de coleta seletiva solidária em Cruz Alta


Nesta quinta feira, dia 10 de maio, a equipe do Profissão Catador esteve participando de um encontro na Secretaria Municipal de Planejamento com representantes de diversas instituições da cidade. Na ocasião foi apresentado o programa de coleta seletiva que será implantado no município em breve. O material reciclável arrecadado nos contêineres será destinado a associações de catadores de Cruz Alta que serão responsáveis pela separação e destinação destes materiais para as indústrias. Juntamente com a Professora Enedina e as Assistentes Sociais do projeto, o mascote da coleta seletiva solidária da Unicruz também marcou presença, mostrando a integração entre as instituições e visando o sucesso desse novo processo de descarte de matérias em Cruz Alta.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Processos da Reciclagem


Reciclagem é a atividade de recuperação da matéria-prima descartada, que é revalorizada para se transformar em um novo produto, retornando ao ciclo de produção.

O símbolo da reciclagem é formado por três setas, fazendo referência a um ciclo: a primeira seta representa a indústria, que fabrica um produto; a segunda faz menção ao consumidor, que consome este produto; a terceira seta representa o retorno do produto ao ciclo produtivo, revalorizado por meio da reciclagem.

A reciclagem é uma atividade econômica com muitos benefícios. Para que a reciclagem ocorra com eficiência, é necessário que três etapas aconteçam:

Recuperação



 As embalagens e resíduos que descartamos todos os dias precisam de um destino coreto para que sejam tratados como matéria-prima para fabricação de novos produtos. É fundamental separar os resíduos sólidos dos orgânicos e dos sanitários. Dessa forma os recicláveis não são contaminados, possibilitando uma triagem eficiente. Assim eles têm mais valor, viabilizando e barateando a reciclagem.

Pense um pouco - compramos, usamos e descartamos continuamente. Precisamos ter responsabilidade sobre os produtos que adquirimos e principalmente sobre o destino que damos a eles.

Muitos recicladores são forçados a dispensar resíduos pós-consumo contaminados. A matéria-prima reciclável ainda precisa ser separada por tipo, por cor e por todos os critérios válidos para se manter a mais próxima possível da original. Após a triagem, os recicláveis ainda precisam ser prensados e enfardados para ocuparem menos espaço e para que possam ser transportados.

Revalorização

 Garrafas de plástico são moídas, voltando a ser grãos como a matéria-prima original do plástico, papéis são triturados e misturados com água até se parecerem com pasta de celulose, metais e vidros são derretidos, ficando prontos para fundição. A revalorização pode ser feita de muitas formas, de acordo com o material e a finalidade que se quer dar a ele.
São processos industriais, que precisam de muitas toneladas de matéria-prima para viabilizar economicamente máquinas, equipamentos e profissionais.

 Transformação
Com os reciclados revalorizados, é possível fabricar um novo produto, fechando o ciclo da reciclagem.

Então voltamos ao início
Como indivíduos, precisamos nos envolver na etapa que nos compete, que é a separação dos nossos resíduos, procedimento fundamental para a obtenção de um produto reciclado tão bom quanto o original. Se fizermos a separação eficaz em casa, no nosso trabalho, em nossa comunidade, temos os seguintes benefícios:

- Uma quantidade menor de resíduos irão para aterros e lixões. Estes então terão seu tempo de vida aumentado;
- Resíduos descartados corretamente não contaminam o solo e as águas;
- Resíduos descartados corretamente ajudam na limpeza e higiene das cidades;
- A coleta adequada facilita o processo, barateando o custo dos reciclados;
- Reciclagem retarda a escassez de matérias-primas básicas;
- Reciclagem economiza energia elétrica;
- Reciclagem proporciona geração de riqueza;
- Reciclagem propicia a geração de inúmeros empregos.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Veja seis maneiras de diminuir o lixo produzido em casa



Pequenos cuidados reduzem a quantidade de materiais descartados.
Já tentou ficar um tempo sem colocar o lixo para a coleta para ver a quantidade de material acumulada? A situação fica ainda pior depois do fim de semana ou de uma festa. Pensando nisso, que tal repensar o uso de embalagens e começar a desperdiçar menos?
Veja abaixo dicas que podem ajudar:

1. Compre menos produtos. Pense bem se determinado produto é realmente necessário, e só depois compre.2. Opte por produtos com menos embalagens no mercado.

3. Tente fazer produtos em casa.
Fazer pães e bolos em casa, por exemplo, evita várias embalagens da panificadora.

4. Use suas próprias embalagens, como ecobags. Além disso, quando for comprar itens a granel em feiras, leve os potes que você vai usar para armazenar o produto em casa e evite o saquinho plástico.

5. Conserte os produtos que estragarem, como costuras em roupas ou reparos técnicos em aparelhos eletrônicos, antes de optar por comprar um novo.

6. Reutilize embalagens. Use as caixas de produtos para a organização da casa. Além disso, para famílias com crianças, é possível guardar várias embalagens para serem usadas em brincadeiras. Além de sustentável, incentiva a criatividade.
Tem outra dica? Deixe nos comentários!

FONTE: Atitude Sustentavel