segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Visita ao Patrulhamento Ambiental


Nesta segunda-feira, dia 19 de dezembro,  o publicitário do Profissão Catador esteve visitando o Comandante da Patran - Patrulhamento Ambiental da Brigada Militar, Tenente Hochmuller. Na oportunidade, Vinicius Campos fez uma breve apresentação do projeto e seus objetivos, deixando ao comandante um material explicativo contendo informações sobre o funcionamento do projeto. 


O tenente colocou o Comando Ambiental a disposição e se mostrou parceiro da iniciativa e do trabalho executado com os catadores ressaltando a importância dessa atividade no âmbito social, econômico e ambiental. 
Foi marcado para o mês de janeiro um encontro com todo o efetivo da Patran a fim de fazer uma apresentação mais detalhada das atividades realizadas pelo projeto e também firmar ainda mais a parceria entre a Brigada Militar e o Profissão Catador. 

Encontro Marca Nova Metodologia de Trabalho em Associação



No último dia 14 de dezembro, um encontro entre a equipe do projeto e catadores do Bairro dos Funcionários marcou positivamente a implantação de uma nova metodologia de trabalho no galpão. Uma organização através de um planejamento elaborado pelos assistentes sociais deve ser posta em prática visando um maior rendimento por parte dos trabalhadores e organização interna, bem como também algumas normas que buscam um desenvolvimento na associação.
Nesse encontro foram discutidas idéias e também ressaltou-se a busca de novos catadores que devem vir a somar na associação. Cada integrante da associação recebeu uma espécie de cartilha a qual deve guiar os trabalhos dentro da ACCA.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Projeto Profissão Catador vai a Tupanciretã

Nesta quarta-feira, dia 07 de dezembro, a equipe do Projeto Profissão Catador esteve na cidade de Tupanciretã para um encontro com autoridades e catadores do município. Na oportunidade foram apresentadas as atividades realizadas no projeto patrocinado pela Petrobrás e também houve troca de informações dos catadores de Cruz Alta e de Tupanciretã. A professoras Enedina e Isadora, coordenadoras do projeto, ressaltaram a importância que o Profissão Catador está tendo na vida das famílias que dependem da catação e da potencialização da renda.


Estiveram presentes cerca de 20 catadores do município que atentamente escutaram as explicações dos integrantes da equipe. Ficaram todos convidados a visitarem as associações de Cruz Alta e também já ficaram agendadas novas visitas a tupã nos próximos meses.



Um dos motivos do encontro, também foi a aprovação “Alinhavos e pontos no mapa regional para cerzir o tecido social: uma proposta intermunicipal de organização dos trabalhadores com resíduos sólidos”, submetido ao Edital de Chamada Pública Senaes/MTE nº 004/2011, da Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Desenvolvimento e Combate à Fome e do Ministério do Trabalho e Emprego, e que atingirá os catadores de Tupanciretã e ajudará direta e indiretamente ao que já vem sendo feito pelo Profissão Catador em Cruz Alta.

Unicruz aprova mais um Projeto voltado a Catadores

A exemplo do Projeto Profissão Catador, aprovado pela Petrobras em 2010, a Universidade de Cruz Alta, por meio dos cursos de Ciências Econômicas e Serviço Social, aprovou mais um projeto. “Alinhavos e pontos no mapa regional para cerzir o tecido social: uma proposta intermunicipal de organização dos trabalhadores com resíduos sólidos”, submetido ao Edital de Chamada Pública Senaes/MTE nº 004/2011, da Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Desenvolvimento e Combate à Fome e do Ministério do Trabalho e Emprego, foi aprovado num montante de R$ 600 mil. O objetivo é construir alternativas coletivas no âmbito regional para a organização dos catadores de materiais recicláveis dos municípios de Cruz Alta, Tupanciretã, Júlio de Castilhos e Salto do Jacuí.
As ações implantadas contemplam: criação de espaços de discussão, formação de associações para consolidação e fortalecimento da autonomia do grupo de catadores; participação social e articulação do grupo de catadores com instâncias organizativas locais, regionais e nacionais; e organização para o trabalho a partir da aquisição de meios e equipamentos de proteção individual para melhoria das condições de trabalho. 
Desta forma, a Universidade de Cruz Alta e as demais instituições e entidades parceiras têm agido no sentido de fortalecer as iniciativas de coleta seletiva solidária, nas quais os catadores protagonizam os processos de organização para geração de trabalho e renda. Essas articulações colaboram na viabilização do compromisso com a realidade social e com as exigências societárias, no que se refere à contribuição em relação à inclusão social, ao desenvolvimento econômico e social e à defesa do meio ambiente.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Aos Parceiros


Ao longo de seus oito meses de funcionamento, o Projeto Profissão Catador já conta com diversos parceiros em Cruz Alta e Região. Empresas e entidades que estão acreditando no projeto e através dessas parcerias tornam as ações muito mais fortes. Continuamos na busca de novas parcerias para aumentar nossa lista de "amigos" e atingirmos os objetivos deste projeto que está trazendo diversos benefícios aos catadores de Cruz Alta e suas famílias. A contribuição ao meio ambiente e social deve ser encarada como uma preocupação de todos. Em nome da equipe do projeto agradecemos a todos que estão contribuindo de forma direta e indireta para o sucesso e desenvolvimento dos trabalhos.

Vinicius Campos
Publicitário 
Projeto Profissão Catador

Abaixo Relação Atual dos Parceiros:

Unimed
Universidade de Cruz Alta
Prefeitura Municipal
RBS TV
Banco do Brasil
Construtora Fredrisch
Corsan
IBGE
Construtora Petrópolis
CRAS Um Lugar ao Sol
Receita Federal
DNIT
Mitra Diocesana de Cruz Alta
Escola Municipal 18 de Agosto
Materiais de Construção Daronco
Irmãos Badin Informática
Lojas Quero-Quero
Lojas Volpato
Loja Total
Loja Pompéia
Farmácia Panvel
Loja Deltasul
Loja PorMenos
Magazine Luiza
Farmácia Mais Econômica
Loja MB

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Recolhimento Central no Calçadão de Cruz Alta arrecada 300 Kg de Vidro

Sábado, dia 26 de novembro, foi realizada uma ação de recolhimento central de vidros no calçadão de Cruz Alta. A atividade faz parte da campanha de recolhimento de vidros promovida pela prefeitura e o projeto Profissão Catador da Universidade de Cruz Alta que segue até dia 30 de novembro. Na manhã de sábado a equipe do projeto interagiu com a comunidade distribuindo material explicativo e recebendo os vidros que eram doados. Destaque especial a Cidusa que disponibilizou funcionários para efetuarem recolhimento nos estabelecimentos do centro da cidade. Os colaboradores da empresa mostraram-se motivados pela causa e mobilizaram-se para o sucesso da ação, que além de limpar a cidade proporciona geração de renda aos catadores do município.




Contabilizando doações e o recolhimento feito pelos funcionários da Cidusa, foram arrecadados cerca de 300 Kg de vidros. A população mostrou-se interessada no assunto e com vontade de participar. O Super Seletivo, mascote da Coleta Seletiva da Unicruz esteve presente e fez sucesso com todos que passavam no local.




Projeto Profissão Catador é Tema de Palestra na Escola Annes Dias


Sexta Feira, dia 25 de Novembro, o Projeto Profissão Catador foi tema de palestra na Escola Estadual Annes Dias. Através da temática "Separação do Lixo em Ambiente de Trabalho" o publicitário Vinicius Campos interagiu de forma prática com o auditório dos alunos do Curso de Secretariado da instituição. Foi apresentado aos alunos o funcionamento do projeto e suas finalidades, todos se mostraram muito interessados em conhecer mais sobre os objetivos do Profissão Catador. O Coleta Seletiva Solidária da Unicruz também teve seu espaço sendo discutido de forma a ser aplicado também na instituição e servindo de exemplo para as futuras secretárias em suas empresas.
Ao final todos se mostrarm satisfeitos e empolgados com as dicas levadas por Vinicius e elogiaram muito a iniciativa do Projeto que leva consciência ambiental a comunidade e geração de renda a familia de catadores.


Vinicius Campos com os organizadores do seminário.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Projeto Profissão Catador recebeu a visita de representantes da Cooperativa Coopeagri


No dia 23 de novembro, a Sede do Projeto Profissão Catador recebeu a visita de representantes da Cooperativa Coopeagri – Cooperativa de Pequenos Agropecuaristas de Ibirubá LTDA, com sede em Ibirubá. O grupo foi recepcionado pela coordenadora do projeto professora Isadora, os assistentes sociais Anderson e Luciane e a analista financeira Ana Lúcia. 
O objetivo do encontro foi a troca de informações para conhecimento das atividades desenvolvidas pelas entidades citadas e possível parceria entre os projetos desenvolvidos.
A Coopeagri proporciona aos pequenos agricultores organizados na Cooperativa, a oportunidade de comercialização de excedente da produção de alimentos, que serão destinados às famílias de baixa renda e/ou desempregados, que estão recebendo assistência. 
Desta forma a parceria aconteceria através da doação do excedente de produção da Cooperativa para as famílias de baixa renda vinculadas a entidades que prestam trabalhos sócioassistenciais no município de Cruz Alta.
Concluiu-se o encontro colocando a cooperativa em Contato com o presidente do Banco de Alimentos de Cruz Alta para um dialogo onde a proposta de parceria será consolidada, para que o trabalho desta cooperativa possa beneficiar um numero maior de famílias do município.

Sábado terá mobilização no calçadão de Cruz Alta

Sábado dia 26 de novembro, será o dia do recolhimento central da campanha de descarte de vidros no município. A equipe do Profissão Catador estará presente no calçadão juntamente com apoiadores da Prefeitura e instituições que fazem parte da campanha. A prefeitura municipal disponibilizará um caminhão que ficará no local a manhã toda recebendo o material da comunidade.
Segundo o publicitário do projeto, Vinicius Campos " o objetivo é intensificar e mobilizar a comunidade nos últimos dias de campanha, pois precisamos atingir a meta prevista de 100 toneladas e assim efetuar a venda transformando o valor arrecadado em capital de giro para os catadores e também contribuindo muita para a limpeza do meio ambiente", destaca.
O projeto de Coleta Seletiva Solidária da Universidade de Cruz Alta também estará apoiando a ação, e já confirmou a presença de seu mascote, o Super Seletivo que fará a distribuição de flyers e interagirá de forma divertida com a comunidade.

Super Seletivo - O Organizador das Coletas

Projeto Profissão Catador Participa do "Grandes Encontros da Economia Solidária" em Porto Alegre

Debater e apresentar para a sociedade a diversidade das experiências de desenvolvimento promovidas pela Economia Solidária foi o objetivo do "Grandes Encontros da Economia Solidária", promovido pela Secretaria da Economia Solidária e Apoio à Micro e Pequena Empresa- Sesampe em parceria com a Assembleia Legislativa do Estado, que aconteceu de 08 a 10 de novembro, em Porto Alegre. O evento foi dividido em três seminários: Encontro Estadual de Empreendimentos Econômicos Solidários, Economia Solidária: Mulheres Transformando a América Latina e Economia Solidária: Estratégia de Desenvolvimento. 


A Universidade de Cruz Alta e o Projeto Profissão Catador se fizeram representar neste evento através da participação do catador Cristiano da Rosa da Associação do Bairro dos Funcionários, que interagiu com os demais participantes trocando ideias e experiências. 



O Encontro Empreendimentos Econômicos, avaliou os rumos das ações e aprofundou estratégias de organização ao fortalecimento dos empreendimentos solidários, ocorrendo na terça-feira (08/11), na Igreja da Pompeia, localizada na rua Barros Cassal, 220. No evento, com início às 8h30min e se estendeu por todo o dia, os setores produtivos discutiram as propostas de construção coletiva nos seguimentos envolvidos: agricultura familiar, artesanato, alimentação, confecções, construção civil, habitação, reciclagem e serviços. 

O segundo encontro analisou, discutiu, aprofundou e avaliou as ações desenvolvidas pelas mulheres da economia solidária, que são empreendedoras, promovem o desenvolvimento local e constroem essa economia que transforma a América Latina. A abertura deste seminário foi às 13h30min, na quarta-feira (09/11), no auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa do Estado. 

O terceiro seminário teve como finalidade provocar a sociedade para que incorpore essa nova estratégia, que irá promover mudanças de paradigmas e de posturas perante a produção e consumo. O evento, que aconteceu na quinta-feira (10/11), abriu às 8h30min, no auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa do Estado, com a participação do presidente da Assembleia Legislativa, Adão Villaverde; do secretário da Economia Solidária e Apoio à Micro e Pequena Empresa, Maurício Dziedricki; da secretária de Política para as Mulheres, Márcia Santana e do representante da Secretaria Nacional de Economia Solidária, Antônio Haroldo Mendonça. 

A economia solidária é uma forma de produção, consumo e distribuição de riqueza (economia) centrada na valorização do ser humano. Tem base associativista e cooperativista, e é voltada para a produção, consumo e comercialização de bens e serviços de modo autogerido, tendo como finalidade a reprodução ampliada da vida. Preconiza o entendimento do trabalho dentro de um processo de democratização econômica, criando uma alternativa à dimensão das relações do trabalho.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

A Transformação do lixo em riqueza



O Brasil está se voltando para a resolução de um problema antigo, a falta de coleta de lixo.
Santo André no ABC Paulista, é um exemplo da Gestão nesse setor. As 1000 toneladas diárias de lixo que a cidade produz são coletadas por 31 caminhões – onze deles só para recicláveis. Os veículos são monitorados por GPS para que nenhuma casa fique fora da varredura. Isso garante 100% de coleta – sempre seletiva, sempre porta a porta, um fato raro no país. Para Atingir esse patamar, Santo André teve que reciclar em primeiro lugar, seu modelo de tratamento de resíduos. Em 2000, ligações telefônicas automáticas informavam aos moradores o dia e a hora em que cada tipo de lixo seria recolhido. A população aderiu e passou a separar materiais. Hoje, duas cooperativas selecionam 15% dos resíduos secos e vendem para reciclagem. Até o ano que vem, a meta é chegar a 30%. O aterro para onde segue o lixo orgânico também é eficiente: tudo o que chega é enterrado. Dois piscinões contêm o chorume, o líquido escuro produzido pela decomposição desse tipo de sujeira, e grandes escapamentos foram instalados para evitar que o gás metano – também resultado da decomposição – se acumule embaixo da terra. Com isso o impacto ambiental é controlado. O plano é produzir Etanol a partir da esterilização do lixo.
Como exemplo de situação oposta, é citada a cidade de Santarém no Pará, que possui o pior índice de coleta e tratamento de resíduos sólidos mais precários do país.
Para atingir o exemplo de Santo André, a população precisa exigir dos governantes, além da manutenção dos investimentos, o início de um programa de reciclagem. Só assim o lixo recolhido vai se transformar em riqueza.

LIXO
(população atendida pela coleta)
As melhores
As piores
Santo André (SP)...........100%
Santarém (PA).................75%
Taboão da Serra (SP)....99,9%
Marabá (PA).................78,5%
Barueri (SP)...................99,9%
Caucaia (CE)..................82,5%
Americana (SP) )...........99,9%
Petrolina (PE)...............88,7%
Joinville (SC) )...............99,8%
Belford Roxo (RJ)..........88,7%

Resumo de matéria da Revista Veja - edição de 2 de novembro de 2011

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Release da Campanha do Vidro

Entre 07 e 30 de novembro a comunidade cruz-altense terá uma nova forma de contribuir com o ambiente. A Prefeitura em parceria com a Unicruz, Associações de Catadores de Materiais Recicláveis do Bairro dos Funcionários e do Bairro Acelino Flores e a Cidusa, coloca à disposição dos cruz-altenses, 09 postos de coleta para descarte de vidro pós-consumo que serão destinados a reciclagem.

Considera-se como fundamental o desenvolvimento de ações e estratégias que fortaleçam as possibilidades de soluções sustentáveis no município. É necessário promover a mudança de comportamento para uma melhor qualidade de vida da comunidade, além de motivar e mobilizar a sociedade para novas práticas sociais, entre elas o hábito da separação dos resíduos, e o exercício da responsabilidade social, com o objetivo de promover uma consciência de solidariedade com as pessoas que vivem da catação, separação e comercialização dos nossos resíduos sólidos doméstico

Com a campanha de coleta de vidro pós-consumo, queremos sensibilizar as pessoas sobre a necessidade de ajudar a preservar o ambiente, dando uma destinação correta a esse material, reduzindo a quantidade de vidro lançados na natureza, além de ajudar as Associações de Catadores do Município de Cruz Alta, com a renda proveniente da comercialização do vidro pós-consumo.

Esperamos com este projeto obter o mesmo sucesso que tivemos com o Ecoponto de pneus, que desde o ano de sua implementação em 2009, foi recolhido 330 toneladas de pneus inservíveis, evitando que os mesmos sejam descartados em locais inadequados. E o Óleoponto que recebe óleo de cozinha usado e destina ao projeto social com mulheres da Cozinha Solidária para a confecção de sabão e sabonete, contribuindo para a geração de renda das participantes do projeto.

Pontos de coleta do vidro:

Prefeitura Municipal de Cruz Alta: 3321-1378

Cidusa: Rodovia Luciano Furian, Bairro Abegai: 3322-7087

Secretaria de Turismo e Eventos (Estação Ferroviária): 3321-1406

Secretaria de Obras no Parque de Máquinas: 3322-5152

Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente: 3322-8833

Associação de Catadores: Bairro Acelino Flores: 9997-7036 e Bairro dos Funcionários: 9121-4813

Parque de Exposição: 8405-9095

Informações através do telefone 3321-1378

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

CAMPANHA DE COLETA DE VIDRO


Está acontecendo em Cruz Alta a campanha de recolhimento de vidros organizada pela Prefeitura Municipal, Unicruz e o Projeto Profissão Catador. Pensando nas consequências da produção de resíduos , construção de aterros, os altos custos com o recolhimento e transporte, agressão ao meio ambiente e geração de renda para os catadores associados de Cruz Alta é que está sendo lançada esta campanha que está inserida no "Programa Educação Ambiental para a Sustentabilidade", que visa a sensibilização da comunidade em preservar o meio ambiente.
O principal objetivo da campanha é a arrecadação de vidro para a geração de renda aos catadores da Associações de Cruz Alta visando também a minimização dos impactos ambientais.

A campanha será realizada de 7 a 30 de novembro e os vidros poderão ser entregues nos seguintes pontos estratégicos:

Secretaria de Turismo e Eventos;
3321 1406
Cidusa;
3322 7087
Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente;
3322 8833
Secretaria de Obras no Parque de Máquinas;
3322 5152
Associação de Catadores de Cruz Alta Bairro dos Funcionários e Acelino Flores;
3322 8400 / 9997 7036 / 9121 4813
Prefeitura Municipal de Cruz Alta.  
3321 1378

Serão aceitos os seguintes tipos de vidro: garrafas, garrafões, potes de produtos e alimentos, embalagens de geléia, francos de molhos e condimentos, frascos de perfumes e cacos dos vidros citados.

Não são vidros recicláveis e não serão recolhidos: Espelhos, cristais, ampolas de medicamentos, cerâmicas, louças, lâmpadas, vidros temperados e parabrisa de carros.

A expectativa é arrecadar cerca de 100 toneladas de vidro até o final da campanha.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Projeto Profissão Catador Parcipa da Feira das Profissões da Unicruz

A última edição da Feira das Profissões da Unicruz, realizada entre os dias 26 e 27 de outubro contou com a presença do projeto Profissão Catador. Em um stande a equipe do projeto pode ter um contato maior com o ambiênte acadêmico e com os alunos das diveras escolas visitantes da feira. Foram expostos os uniformes, EPIs e materiais no stande, que durante os dois dias teve ótima visitação. Além do Profisão Catador, outro projeto dividiu o espaço na feira, o Coleta Seletiva Solidária da Universidade que é parceiro nas atividades. Catadores das duas Associações de Cruz Alta também estiveram presentes na feira fazendo a catação dos materiais que eram descartados durante o evento, o que aproximou ainda mais os visitantes com a realidade que o projeto vive. Foi montado um posto de Coleta de Materiais Recicláveis nas proximidades da biblioteca do Campus que serviu que base para as atividades dos catadores durante a feira.
Durante as manhãs e noites da feira das profissões, foram distribuídos flyers com informações do projeto e adesivos, e o stande também recebeu visitas de empresas interessadas em serem parceiras do Profissão Catador.

 Posto de Coleta de Materiais Recicláveis - Catadores com o Super Seletivo, mascote do CSS.

Stande do Projeto na Feira das Profissões

sábado, 15 de outubro de 2011

Dia das Crianças


O sábado foi de muita diversão e alegria para os filhos dos Catadores das Associações de Cruz Alta. Uma bela festa na tarde deste dia 15 foi realizada no galpão criolo da Brigada Militar para as crianças que divertiram-se muito com o palhaço, brinquedos, cama elástica e muita música. Durante a festa houve distribuição de cachorro-quente acompanhado de refrigerante. 
Logo na chegada as crianças já mostravam no rosto a satisfação pelo dia dedicado à elas e eufóricas principalmente para as brincadeiras na cama elástica.


A equipe do Projeto foi responsável por toda a organização do evento, e também mostraram muita disposição e satisfação em ver a alegria das crianças com o que foi preparado.


As mães Catadoras, acompanharam seus filhos no lanche. Muito cachorro-quente e refrigerante.

Veja abaixo alguns momentos da festa.





O projeto Profissão Catador agradece especialmente a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, a Brigada Militar e a Empresa de Transporte Nossa Senhora de Fátima pela colaboração no evento.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Profissão Catador Participa de Evento em Tapera




A Universidade de Cruz Alta, seguindo com seu compromisso no que diz respeito a destinação dos resíduos sólidos, esteve presente em evento na cidade de Tapera, participando da segunda sessão do Fórum de Sustentabilidade do Corede Alto Jacuí, sexta-feira dia 7. “Mudanças Climáticas e desastres naturais: a contribuição da catação de materiais recicláveis na prevenção de riscos” foi o tema dos painéis do encontro. As professoras coordenadoras do projeto Profissão Catador, colaboradores e uma equipe de catadores, juntamente com a Reitora da Universidade Elizabeth Fontoura Dorneles representaram a Unicruz no evento.

A professora do curso de Serviço Social e coordenadora do projeto, Isadora Virgolin  fez seu relato das experiências vividas nas associações, que vem beneficiando inúmeras famílias que dependem da catação para a geração de renda, além de estarem contribuindo com uma importante parcela na destinação correta dos resíduos.

Fonte: Núcleo Integrado de Comunicação

      

Comemoração do Dia da Criança

Está programada uma divertida atividade em comemoração ao dia da criança, envolvendo os filhos dos catadores das Associações de Cruz Alta. Dia 15 de outubro terá uma tarde de muitas brincadeiras e diversão no gramado da Sede da Brigada Militar. 
O Projeto também se preocupa em oferecer às famílias dos trabalhadores momentos de alegria e lazer.

Parceria

Saiba como funciona passo a passo a parceria do Projeto Profissão Catador e do Programa de Coleta Seletiva Solidária, ambos da Universidade de Cruz Alta.

O Descarte


Em todos os ambientes da Universidade foram instaladas lixeiras nas cores LARANJA e AZUL. As laranjas são destinadas a resíduos biodegradáveis, que são impróprios para a reciclagem, e as azuis são para materiais recicláveis.

O Transporte dos Resíduos


Com os materiais já separados, semanalmente o caminhão da Unicruz entrega a doação dos resíduos descartados na Universidade para as Associações de Catadores que fazem parte do Projeto financiado pela Petrobrás.

A Triagem



Mesmo com a pré seleção feita pelo programa de Coleta Seletiva da Unicruz, os materiais ainda passam por uma triagem, onde ficam somente os materiais que  são aproveitados pela indústria.

A Prensa


Após o material devidamente selecionado, este é colocado na prensa hidráulica, a qual  começa o processo de acondicionamento do material para a venda.

O Fardo


O último processo é o fardo, onde todo material fica prensado e pronto para ser vendido e transportado para a indústria.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Profissão Catador Realiza Atividade em Seminário Interinstitucional


Está sendo realizado no Campus Universitário da Unicruz mais uma edição do Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão. Durante todo o evento está sendo trabalhada a divulgação do Projeto Profissão Catador em parceria com o Projeto de Coleta Seletiva Solidária da Universidade. 
Através da distribuição do material explicativo está sendo intensificada a aproximação do projeto com o meio acadêmico. Também no seminário é a oportunidade de esclarecer as dúvidas do público a respeito da separação correta de resíduos facilitando assim a atividade de catação. Os uniformes dos catadores estão em exposição no estande, assim como os EPIs usado por eles, ação que visa a identificação por parte da população dos catadores associados ao projeto.

Petrobrás vai investir R$ 1,2 bi em projetos sociais até 2012

O Programa Desenvolvimento & Cidadania Petrobras deverá contribuir para a redução da pobreza e das desigualdades e atuar em prol do desenvolvimento local, regional e nacional, gerando a inserção social, digna e produtiva, de pessoas e grupos que vivem em risco ou em desvantagem social.

O programa vai investir, no período, R$ 1,2 bilhão em projetos com foco em Geração de Renda e Oportunidade de Trabalho, Educação para a Qualificação Profissional e Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente. O objetivo da iniciativa é, ao longo desse período, atender cerca de quatro milhões de pessoas diretamente e 14 milhões de forma indireta, além de alcançar outros 27 milhões de pessoas com ações de comunicação e difusão dacidadania.

Resultados serão avaliados de acordo com metas de desempenho

O Programa Desenvolvimento & Cidadania Petrobras inaugura uma nova fase na gestão do investimento social da Companhia. O Programa vai estabelecer um conjunto de indicadores e metas de desempenho para integrar o monitoramento das ações e a avaliação dos resultados em todo o território nacional. Dessa forma, será possível obter mais eficiência na mensuração de desempenho e na gestão do Programa, com base na estratégia corporativa.

Para alcançar uma transformação consistente no cenário social das comunidades, a Petrobras definiu um conjunto de metas de desempenho para o novo Programa. Entre estas metas destacam-se: a prioridade à juventude, com 50% do público atendido na faixaetária entre 15 e 29 anos; a inclusão de 20% dos participantes dos projetos de formação profissional no mercado de trabalho; a melhoria do desempenho de 60% de crianças eadolescentes atendidas nos projetos na escola formal; e a entrega de certificados deconclusão reconhecidos pelo Sistema Nacional de Certificação Profissional em, pelo menos, 60% dos cursos profissionalizantes.

Já as ações de geração de renda e oportunidade de trabalho devem garantir um aumento de, pelo menos, 60% da renda dos participantes. Além disso, no mínimo 70% dos projetos devem também estruturar um plano de negócio para garantir sua sustentabilidade.

Além de facilitar a identificação, o registro, a sistematização e a multiplicação das ações bem-sucedidas, o novo programa vai estimular a adoção de boas práticas de gestão pelas organizações sociais brasileiras.

Parceria com a sociedade civil para reduzir pobreza e desigualdade

O Programa Desenvolvimento & Cidadania Petrobras é resultado de um conjunto de esforços. Seu conteúdo foi elaborado com a participação de membros de diferentes áreas da Petrobrás, representantes da sociedade civil e do governo, de forma a refletir o compromisso da empresa em contribuir para a redução da pobreza e das desigualdades nas comunidades em que está presente, colaborando para o fortalecimento de políticas públicas na área social.

Formulado em alinhamento ao Plano Estratégico 2012 e considerando o mesmo horizonte de tempo do Plano de Negócios da Companhia, esse programa confirma a determinação da Petrobrás em aliar seu crescimento ao desenvolvimento sustentável.

O principal objetivo do programa é contribuir para a redução da pobreza e das desigualdades e atuar em prol do desenvolvimento local, regional e nacional, gerando a inserção social, digna e produtiva, de pessoas e grupos que vivem em risco ou em desvantagem social no País. Em síntese, promover o desenvolvimento com igualdade deoportunidades e valorização das potencialidades locais.

Diretrizes
• Respeitar a diversidade
• Dar prioridade à juventude
• Buscar a sustentabilidade dos resultados produzidos pelas ações
• Atuar em sinergia com políticas públicas
• Realizar ações estratégicas, sistêmicas e multiinstitucionais
• Estimular o protagonismo social, a co-responsabilidade, o associativismo, o cooperativismo e o trabalho em rede
• Contribuir para a erradicação do analfabetismo
• Colaborar para o desenvolvimento local nas áreas de influência do Sistema Petrobras.

Linhas de Atuação
1. Geração de renda e oportunidade de trabalho
2. Educação para a qualificação profissional
3. Garantia dos direitos da criança e do adolescente

Temas transversais
• Gênero
• Igualdade Racial
• Pessoas com Deficiência
• Pescadores e Outros Povos e Comunidades Tradicionais

Ações Estratégicas
1. Investimentos em projetos sociais (nacionais, regionais e locais)
Repasse de recursos, de forma planejada e monitorada, a iniciativas que promovam a transformação social das comunidades.

2. Fortalecimento de redes e organizações sociais
Apoio à interação entre os agentes sociais, públicos e privados, para a formação deparcerias e alianças, troca de experiências, produção de conhecimento e debate sobrepolíticas públicas.


3. Difusão de informações para a cidadania
Campanhas de comunicação para mobilizar e influenciar a opinião pública, as organizações sociais e o governo para a discussão de temas ligados à cidadania e aos direitos humanos.

Fonte: www.agenciapetrobrasdenoticias.com.br

Entrevista de Tião Santos no Jô Soares

Eleito pelo artista plástico Vik Muniz "embaixador de Gramacho", Tião Santos, de 32 anos, uma vida inteira chafurdada no lixo despejado naquele que é o maior aterro sanitário da América Latina. O Catador que virou celebridade após participar do filme Lixo Extraordinário, concede entrevista no Programa do Jô na Rede Globo e mostra seu orgulho pela PROFISSÃO DE CATADOR. Confira como foi a entrevista.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Dia da Responsabilidade Social

Dia 24 de setembro foi marcado por atividades da Universidade de Cruz Alta para lembrar o Dia da Responsabilidade Social. As ações ocorreram em frente a Câmara Municipal de Vereadores. Cerca de 60 pessoas participaram das atividades durante todo o dia oferecendo serviços à comunidade local.

O Projeto Profissão Catador foi apresentado a comunidade através da distribuição de flyers e adesivos. Explicações sobre a importância do projeto no âmbito social foram dadas pelos integrantes da equipe que marcaram presença no local.








domingo, 18 de setembro de 2011

Catadores Participam do Programa Resto Zero


Dia 10 de Setembro foi desenvolvida a segunda etapa de capacitações do Programa Resto Zero, um Programa de Extensão da Universidade de Cruz Alta: “ Banco de Alimentos e a Contribuição da Unicruz”. Um programa criado por professores e acadêmicos do Curso de Nutrição da Universidade com o objetivo de contribuir no combate de desperdício de alimentos e na promoção da cidadania.



A participação dos Catadores das Associações de Cruz Alta tem sido de extrema importância para o desenvolvimento do projeto e também no aprendizado de técnicas para o reaproveitamento de alimentos na cozinha doméstica onde nada se perde tudo se transforma e que tem como finalidade socializar informações aos manipuladores de alimentos das entidades sociais vinculadas ao banco de alimentos de cruz alta de como utilizar integralmente alimentos bem como o garantir e a total segurança para seu consumo além das práticas realizadas no Laboratório Dietético. A capacitação resto zero também elaborou um livro o qual todos os participantes das entidades receberam o qual possuem além de receitas  com o aproveitamento integral dos alimentos tem dicas de higiene dos alimentos higiene pessoal.